quinta-feira, 29 de junho de 2017

Renan Calheiros afirma que “erro de Temer foi achar que poderia governar o Brasil influenciado por um presidiário”


Nesta quarta-feira, 28, o senador Renan Calheiros anunciou, em sessão no Plenário do Senado, que decidiu deixar a liderança do Partido do Movimento Democrático Brasileiro (PMDB) na Casa Legislativa. A escolha do novo líder está prevista para acontecer no dia 04 de julho.

Ex-presidente do Congresso Nacional, Renan tem criticado, desde o início do ano, o governo do presidente Michel Temer, em relação às reformas da Previdência e Trabalhista.

Em seu pronunciamento no Plenário, o senador relatou que “o erro do presidente Temer foi achar que poderia governar o Brasil influenciado por um presidiário de Curitiba”, se referindo ao ex-presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha. (Do Repórter Ceará)

Nenhum comentário :

Postar um comentário

O blog Quixeramobim Agora é uma ferramenta de informação que tem como características primordiais a imparcialidade e o respeito a liberdade de expressão.

Contudo, em virtude da grande quantidade de comentários anônimos postados por pessoas que se utilizam do anonimato muitas vezes para ferir a honra e a dignidade de outras, a opção "Anônimo" foi desativada.

Agradecemos a compreensão de todos, disponibilizando desde já um endereço de email para quem tiver interesse em enviar sugestões de matérias, críticas ou elogios: jornalismo@sistemamaior.com.br.

Cordialmente,
Departamento de jornalismo