Banner_Banco_Nordeste

quinta-feira, 18 de outubro de 2018

Atendimento: Hospital Regional do Sertão Central é referência em AVC na região

Com entusiasmo, a agricultora Tereza Cristina Pinto, de 52 anos, moradora do município de Solonópole, comemora a sua recuperação após ter sofrido um AVC isquêmico no último dia 3. Ela foi socorrida pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU 192 Ceará), levada para o hospital do município e rapidamente transferida para o Hospital Regional do Sertão Central (HRSC), em Quixeramobim. O HRSC é o terceiro hospital construído pelo Governo do Ceará no interior, com atendimento especializado e pioneiro no tratamento do AVC agudo na região.

“O atendimento aqui é ótimo. É mil por cento mesmo. Eu tinha medo de ficar arrastando perna, ficar com a mão torta, mas estou perfeita, graças a Deus, a cada dia melhor. Me sinto muito bem aqui, não vou nem pedir para ir embora, só vou quando mandarem”, diz Tereza. “Aqui é tudo bom demais. Todo mundo é muito atencioso, desde os médicos, enfermeiros, técnicos, até o pessoal da limpeza”, afirma.

O serviço de atendimento em Acidente Vascular Cerebral no HRSC tem 10 leitos de internação para prestar assistência nas primeiras 72 horas ao paciente diagnosticado com AVC. Implantado em julho deste ano, o Hospital Regional do Sertão Central já realizou 89 atendimentos na unidade de AVC. Os pacientes são encaminhados para o HRSC pela Central de Regulação de Leitos do Ceará. Além disso, há outros 10 leitos de retaguarda para AVC subagudo no HRSC.

“É de suma importância a identificação precoce dos sinais e sintomas do AVC, tanto por parte do paciente, familiar e/ou primeiro atendimento, para que esse paciente possa ser beneficiado pelo tratamento mais adequado em unidade de referência, pois a urgência no atendimento é crucial, visando reduzir a chance de sequelas graves e incapacitantes”, ressalta a coordenadora de enfermagem do serviço, Anna Karuza Feitosa.
No mundo, a cada seis segundos uma pessoa morre em decorrência do AVC e de suas complicações. A unidade de AVC agudo tem papel muito importante na redução dessa estimativa, como também reintroduzir a pessoa afetada às suas atividades diárias, autonomia e qualidade de vida. Tereza Pinto estava em casa, mostrando umas fotos para a mãe dela, quando de repente caiu da cadeira e, de repente, passou a não sentir alguns movimentos do corpo.

Situação semelhante viveu a agricultora Luzimar Alexandre de Oliveira, moradora do Distrito de Uruquê, na zona rural de Quixeramobim, que deu entrada no HRSC na última terça-feira, 9, também diagnosticada com a mesma enfermidade. “Eu já tinha sentido uma vez, mas nem liguei em procurar um médico. Não sabia o que era. E dessa vez agora, eu estava lavando roupa e comecei a sentir dormência na perna e no braço. O remédio da pressão eu só tomava quando queria e lembrava”, fala Luzimar. “Agora estou bem e já estou até com previsão de alta”, comemora sorrindo.

O rápido atendimento é essencial para evitar sequelas. “A criação da Unidade de AVC é um marco no que se refere à assistência em saúde na região. O foco da nossa unidade é voltado principalmente ao tratamento do AVC isquêmico, que representa 85% dos AVCs em geral. Através dela, conseguimos oferecer um cuidado rápido, especializado e multidisciplinar aos pacientes acometidos por esta enfermidade, principal causa clínica de morte e incapacidade no nosso estado”, destaca Alan Cidrão, coordenador médico da unidade de AVC do Hospital Regional do Sertão Central.  (Informações e foto da Ascom)

Homem é detido acusado de ameaçar e agredir verbalmente sua mãe

A Polícia Militar de Quixeramobim atendeu a um caso, classificado pelo Boletim Policial, de violência doméstica com aplicação da Lei Maria da Penha, por volta das 21h30min de ontem, 17, na Rua Antônio Bernardo de Almeida, no bairro Monteiro de Moraes.

Informações apontaram que o acusado, identificado somente pelas iniciais F. M. R. da S., de 25 anos, agredia verbalmente sua mãe, uma aposentada de 70 anos, bem como a ameaçava. Diante do fato, confirmado pela PM, o homem foi detido e conduzido à Delegacia Regional de Polícia Civil, em Quixadá.

Postado por: Jornalismo - Sistema Maior de Comunicação

Projetos de energia possuem prazo de até 20 anos para financiamento em infraestrutura

O Banco do Nordeste (BNB) concede, com recursos do Fundo Constitucional de Financiamento do Nordeste (FNE), prazo de até 20 anos para pagamento dos financiamentos a projetos de infraestrutura do segmento energético. A linha de crédito tem ainda os atrativos da carência, que pode chegar a oito anos, e da taxa de juros anual, a partir de 2,32% acrescida do Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA).

Esses diferenciais têm gerado bastante demanda pelo crédito, especialmente para a instalação de parques eólicos e solares em diversos estados da área de atuação do Banco. Os projetos para geração, transmissão e distribuição energética já foram beneficiados, até a primeira quinzena de outubro, com investimentos da ordem de R$ 7,3 bilhões.

De acordo com dados da Associação Brasileira de Energia Solar Fotovoltaica (Absolar), o Brasil possui aproximadamente 75% de fontes renováveis na oferta de energia elétrica e representa uma das matrizes mais renováveis do mundo. Para o setor solar, o BNB já financiou mais de R$ 2,1 bilhões em 2018. Somados aos projetos de matriz eólica, os recursos investidos pelo FNE passam de R$ 3,6 bilhões somente para fontes renováveis.

A linha voltada para empreendimentos de infraestrutura em energias possibilita a aquisição de bens de capital e implantação, modernização, reforma, relocalização ou ampliação, abrangendo as Zonas de Processamento de Exportação (ZPE), inclusive capital de giro, quando exclusivamente associado ao investimento.

Mais informações sobre as linhas de crédito para energia solar podem ser obtidas no site www.bnb.gov.br/programas-de-financiamento/programas-por-segmento. (Da Ascom)

A pedido do MPCE, Justiça determina afastamento e indisponibilidade de bens do secretário de Educação de Ararendá

A Vara Única da Comarca de Ararendá determinou o afastamento e a indisponibilidade de bens no valor de R$ 539.856,90 do secretário de Educação do Município, Francisco Alécio Bezerra Almeida. A liminar foi concedida após Ação Civil Pública (ACP) por Ato de Improbidade Administrativa com Ressarcimento de Danos ao Erário ajuizada pelo Ministério Público do Estado do Ceará (MPCE), por meio da Promotoria de Justiça de Ararendá. A decisão do dia 11 de outubro foi proferida pelo juiz Thales Pimentel Saboia.

O MPCE apurou que a Secretaria de Educação de Ararendá firmou contrato com a empresa TERCEIRIZA SERVIÇOS EIRELI para prestação do serviço de transporte escolar no valor global de R$ 999.479,00 pelo período entre 08 de janeiro de 2018 e 31 de dezembro de 2018. Além disso, a Promotoria constatou que a Secretaria já efetuou 12 pagamentos em favor da empresa totalizando um valor de R$ 539.856,90.

Ao investigar a empresa, o órgão ministerial encontrou indícios de atos ímprobos e pagamentos irregulares, sem a efetiva comprovação da prestação dos serviços contratados. Também ficou evidenciado o fato de o estabelecimento possuir capital social de apenas R$ 4 mil reais, além de não ter registro de nenhum veículo nem funcionário. Apesar disso, os serviços supostamente prestados pela empresa são variados, a exemplo de locação de automóveis sem condutor; aluguel de palcos, coberturas e máquinas e equipamentos para construção; limpeza em prédios e domicílios; imunização e controle de pragas urbanas; atividades paisagísticas; fotocópias, entre outros.

Conforme o promotor de Justiça Lucas Rodrigues Almeida, fica fundamentada a suspeita de o serviço contratado não ter sido prestado efetivamente ou prestado de forma superfaturada, incidindo, portanto, nas circunstâncias descritas no artigo 10, incisos VIII e XI, e artigo 11, inciso V, da Lei 8.429/92, de Improbidade Administrativa. “A conduta do demandado causou prejuízo ao erário no montante de R$ 539.856,90, frustrando a licitude do procedimento licitatório, ordenando a realização de despesas não autorizadas em lei, permitindo o enriquecimento ilícito da empresa e a prestação de serviço por preço superior ao do mercado”, declara o membro do MPCE. (Da Ascom)

SerTão TV: Dona de casa cobra consultas para seu filho que sofre de doença congênita


Liduina Gonçalves de Lima, moradora do Conjunto Habitacional Edmilson Duarte de Lima, ou Jardim Norte II, como é chamado por alguns moradores, é mãe do pequeno Isac Gonçalves.

Com apenas 10 meses, Isac sofre de Linfedema congênito, que é um inchaço (ou edema) em uma determinada região do corpo, decorrente do funcionamento inadequado, obstrução ou má-formação congênita dos vasos linfáticos.

A dona de casa procurou a reportagem da SerTão TV, para solicitar um posicionamento da Secretaria de Saúde de Quixeramobim, quanto o agendamento solicitado por ela, de um fisioterapeuta e terapeuta ocupacional para acompanhamento e avaliação de seu filho, que foi solicitado por um médico depois de consulta realizada no Hospital das Clínicas, em Fortaleza.

Postado por: Jornalismo - Sistema Maior de Comunicação

Trabalhadores nascidos em outubro podem sacar o PIS a partir de hoje

Começa nesta quinta-feira (18) o pagamento do abono salarial do Programa de Integração Social (PIS), calendário 2018/2019, para os trabalhadores nascidos no mês de outubro. Em relação ao Pasep, abono destinado a servidores públicos, que é feito pelo Banco do Brasil, o pagamento é para quem tem inscrição de final 3. Os pagamentos se referem ao ano-base 2017.

Segundo a Caixa, no caso do PIS, os valores variam de R$ 80 a R$ 954, conforme o tempo de trabalho durante o ano passado. Titulares de conta individual na instituição, com saldo acima de R$ 1,00, já receberam o crédito automático antecipado na última terça-feira (16). (Da Agência Brasil)

Ceará parabeniza Fortaleza pelo centenário

O Fortaleza Esporte Clube completa 100 anos nesta quinta-feira, 18. Desde ontem, o Tricolor do Pici vem recebendo várias felicitações. Por meio de suas redes sociais (Twitter, Instagram e Facebook), o Ceará Sporting Club também congratulou o seu arquirrival em campo.

O Alvinegro usou um tom cordial e postou uma imagem com os dois principais mascotes da capital, Vovô e Juba, seguido da legenda: "Parabéns, Fortaleza EC, pelos 100 anos de fundação. Que a rivalidade fique dentro de campo e que fora dele prevaleça sempre a paz".

A mensagem do Ceará rapidamente circulou nas redes sociais com vários compartilhamentos, comentários e reações. O Alvinegro já virou centenário. O clube de Porangabussu completou 100 anos em 2014. Na ocasião, o time do Pici também felicitou seu rival.  (Do O Povo Online)

TSE convoca representantes de Bolsonaro e Haddad e pede clima de paz

A ministra do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ministra Rosa Weber, se reuniu hoje com representantes das candidaturas de Fernando Haddad (PT) e Jair Bolsonaro (PSL) para discutir a difusão massiva de notícias falsas e a onda de violência durante as eleições. O tribunal vem colocando preocupações com a disseminação de conteúdos colocando em dúvida o sistema de votação e apuração nestas eleições. Participaram do encontro também os ministros Luís Roberto Barroso e Edson Fachin.

Segundo representantes das candidaturas, que falaram a jornalistas ao fim do encontro, os ministros do TSE mostraram preocupação com os conteúdos enganosos e casos de agressão. Rosa Weber teria feito um apelo para que a campanha ocorra em clima de paz e para que os candidatos incentivem apoiadores a fazer uma campanha pacífica.

Em relação a conteúdos colocando em dúvida a lisura do processo eleitoral, os ministros defenderam a segurança das urnas eletrônicas e do sistema de votação. Mas, conforme os relatos, não houve resolução ou encaminhamentos concretos, apenas recomendações dos ministros. (Da Agência Brasil)

Agência detecta mais três focos de peste suína no Ceará

A Agência de Defesa Agropecuária do Ceará (Adagri) registrou mais três focos de peste suína clássica no estado. Além do município de Forquilha, onde foram identificados dois casos na semana passada, animais contaminados também foram encontrados em Groaíras e Santa Quitéria.

Devido às notificações, o Governo do Ceará decretou estado de emergências nas cidades citadas, todas na região Noroeste. Com a situação de emergência, produtores dos municípios não podem receber ou vender porcos para outras cidades.

Para conter a situação e investigar as causas da contaminação, a Adagri deu início ao trabalho de uma força-tarefa com 20 técnicos para fazer inspeções nas propriedades onde foram encontrados os focos da doença.

Segundo o diretor de sanidade animal da Adagri, Amorim Sobreira, a doença não representa riscos de saúde para humanos. No entanto, há ameaças relevantes para os produtores locais, que podem perder parcelas consideráveis dos animais.

O diretor da Adagri ainda comentou que o Governo do Estado tem tomado medidas para que as pessoas não movimentem os animais contaminados para evitar que a doença se alastre e chegue em outras localidades. Segundo Sobreira, todas as propriedades onde foram encontrados os focos da peste suína são de pequeno porte.

“Já temos um perfil dessas propriedades que viraram focos, e todas são de pequeno porte, com no máximo 200 animais, ou seja, são de subsistência. Então essas medidas servem para que as pessoas não movimentem esses animais e para conter os riscos”, analisou. (Do Repórter Ceará com informações do G1-CE)

Comissão discute liberação de água e regularização no sistema hídrico Fogareiro-Quixeramobim

A Comissão gestora do sistema hídrico Fogareiro-Quixeramobim determinou, durante reunião ocorrida nesta segunda-feira, 15, em Quixeramobim, o cumprimento do uso da liberação de água definida pelo Comitê da Bacia Hidrográfica do Rio Banabuiú para os usuários da Barragem de Quixeramobim. De acordo com a decisão do comitê, a vazão para o abastecimento humano é de 110 l/s, e para os demais usos (irrigação e dessedentação animal), de 10 l/s.

A comissão também discutiu a regularização dos usuários de água na região e a redução linear de 50% da área cultivada dos usuários cadastrados que possuem área maior que 1(um) hectare. Cada um receberá um comunicado com a deliberação da Comissão Gestora e com recomendação de regularização do usuário junto à Cogerh ou a Secretária de Recursos Hídricos (SRH). A fiscalização ficará a cargo da Agencia Nacional de Águas, visto que o açude Quixeramobim é federal.

A operação realizada no açude durante o segundo semestre de 2018 e os procedimentos administrativos da fiscalização das águas de domínio da União também foram pauta do encontro. Ambos os assuntos foram apresentados pelo coordenador do Núcleo Técnico da Cogerh/Quixeramobim, Luis César Pimentel, que informou aos membros da Comissão Gestora sobre o diagnóstico de uso na bacia hidráulica do açude Quixeramobim, através de cadastros declaratórios, onde foi constatado demandas significativas na área da irrigação.

A reunião contou com a presença de 26 participantes, sendo 15 membros da Comissão Gestora do Sistema Fogareiro-Quixeramobim. A Cogerh/Quixeramobim esteve representada pelo Gerente Regional Paulo Ferreira, pelos Coordenadores Luis César Pimentel e Dayana Magalhães, pelos Analistas, Isabel Giovana e Pedro Hugo e pelos técnicos Ronilson Rodrigues e Rodrigo Brito.

Comissões Gestoras

As Comissões Gestoras de Sistemas Hídricos são organismos de bacia vinculadas aos Comitês de Bacias Hidrográficas – CBH. Elas são formadas por usuários de água, representantes da sociedade civil organizada e representantes do poder público, tendo um plenário e uma secretaria em sua estrutura, e atuam somente no âmbito do sistema hídrico que opere isolado.

Do Repórter Ceará

quarta-feira, 17 de outubro de 2018

Em Quixeramobim, a administração de problemas é diária

Já se provou que gerir um município exige mais que conhecimento e uma equipe preparada. É necessário um administrador totalmente comprometido e empenhado diariamente em resolver os grandes desafios sociais impostos por uma sociedade complexa e em crescente anseio por serviço público.

Em Quixeramobim, todos os dias o que se tem administrado são problemas. Alguns deles, ou sua grande maioria, criados pela própria gestão. A julgar pela decisão da administração em ter iniciado inflando a máquina pública de emprego e desta forma comprometendo o erário municipal, fato que resultou até na perda de recursos da ordem de R$ 4 milhões para a Saúde, como revelado pelo secretário de Finanças, Edson Facó. A gestão precisa agora reavaliar que prioridade adotar e mostrar a população a mudança positiva prometida nos palanques de 2016.

A cada semana que inicia, bombas-relógio. Na segunda-feira, 15, foi a vez de pacientes amanhecerem com a ressaca de um final de semana de dificuldades no atendimento do Hospital Regional Dr. Pontes Neto.

Na terça-feira, 16, o recado veio do Distrito de São Miguel, onde a denúncia apontou que alunos estavam há mais de uma semana sem transporte escolar. Por lá, a informação apresentada foi a falta de pagamento ao motorista.

Nesta quarta-feira, 17, o dia amanheceu com a paralisação dos garis, que logo após se reunirem com a direção da empresa, receberam a promessa que até o final do dia o dinheiro estaria na conta, fazendo com que os mesmos retornassem ao trabalho.

Como se não bastasse, o secretário Facó fez um declaração de cunho pessoal na Câmara Municipal, em que defende que as secretarias de Cultura e Esporte deveriam ser "mantidas no mínimo indispensável ou até aglutinadas".

Há quem aponte que com tantos acontecimentos, fica cada vez mais difícil vislumbrar uma luz no final do túnel cavado pelo próprio prefeito Clébio Pavone.

1 minuto com Sérgio Machado: Quixeramobim: Eleição deve definir nova direção da Câmara até o fim do ano


Passada a eleição dos deputados estaduais e federais, agora, os vereadores de Quixeramobim deverão se dedicar nos próximos dias à formação de chapas para a eleição da nova direção da Câmara Municipal, que deve ocorrer no início do próximo mês de dezembro.

Independente de quem ocupará a direção da Câmara nos próximos dois anos, o que se faz necessário neste momento conturbado é que os líderes políticos locais zelem pelo bom funcionamento das instituições.

Precisamos de um Legislativo que funcione, que fiscalize o Executivo, que cobre medidas, que divulgue ações, que atenda às demandas populares e que trabalhe para o povo e com o povo.

Caso contrário, a bagunça institucional nos levará cada vez mais fundo nesse atoleiro da desordem política, econômica e fiscal.

Para secretário de finanças, secretarias de Cultura e Esporte deveriam ser "mantidas no mínimo indispensável ou até aglutinadas"

O secretário de Finanças do município de Quixeramobim, Edson Facó, fez uma declaração um tanto quanto polêmica em audiência pública que discutiu a Lei Orçamentária para 2019 de Quixeramobim, na Câmara Municipal. Ao falar sobre o orçamento das pastas de Cultura, Turismo, Esporte e Meio Ambiente, o gestor foi enfático em dizer que sua posição pessoal é a favor da aglutinação das pastas e que elas funcionem "no mínimo indispensável".

Para Facó esta não é uma opinião da administração a que pertence: "Eu as vezes sou criticado porque eu gosto da sinceridade, sabe? Diante da situação dos municípios, se não tiver secretaria de Esporte, se não tiver secretaria de Cultura, se não tiver secretaria de Meio Ambiente, isso não significa que a gente possa fazer grandes projetos", justificou. O gestor comparou a situação local com a de outros municípios: "Tem muita Prefeitura que não tem nenhuma dessas secretarias e existe (sic) os projetos. Agora, o prefeito quer manter".

Edson Facó disse ainda que houve, por conta da necessidade de reduzir a folha para atender a Lei de Responsabilidade Fiscal, redução nas pastas. Por fim, Facó reafirmou: "Eu acho que não deveria (manter as secretarias), porque se as receitas estão caindo [...] eu acho que essas secretarias deveria (sic) ser mantidas no mínimo indispensável ou até ser aglutinadas por outras secretarias, opinião pessoal, não é a opinião da administração", finalizou.

O vereador Idelbrando Rocha se manifestou contrário: "O senhor vem dizer que os nossos jovens não merecem o olhar da gestão municipal?". O secretário retrucou explicando que este era um pensamento seu e não da administração.

Em nota, entidades e produtores culturais independentes de Quixeramobim repudiaram a fala do secretário. O texto disse que "o Secretário ignora o caráter fundamental da Cultura na formação dos cidadãos quixeramobinenses" e ressalta que as declarações mostram um "completo desconhecimento e desrespeito pela cena cultural da cidade".

Confira nota completa:

"Em visita à Câmara Municipal de Quixeramobim, nesta manhã, o Secretário Municipal de Administração e Finanças, Francisco Edson Facó Bezerra, afirmou que a Secretaria de Cultura e Turismo deve ser mantida no mínimo indispensável, justificando isto a necessidade de o município cumprir com a Lei de Responsabilidade Fiscal, descumprida, reiteradamente, pelo descontrole na contratação de pessoal por parte da administração. O Secretário disse ainda que Cultura, Esporte e Meio Ambiente deveriam ser aglutinadas, para contingência de gastos.

As declarações do Secretário são lamentáveis e demonstram seu completo desconhecimento e desrespeito pela cena cultural da cidade de Quixeramobim, berço de Antônio Conselheiro e Fausto Nilo, entre outros.

Além disso, o Secretário ignora o caráter fundamental da Cultura na formação dos cidadãos quixeramobinenses. Certamente, a nomeação para a pasta de Finanças de alguém com inexpressiva atuação na área cultural e a ausência de titular na Secretaria da Cultura simbolizam o nível de importância dada pelo Prefeito ao tema e sua complexidade: tratando a cultura como área secundária e passível de restrições orçamentárias, retrocesso inadmissível em comparação com as políticas avançadas de valorização da economia da cultura, em crescente expansão, na maioria dos municípios em desenvolvimento e no Governo do Estado.

Enxergamos a declaração proferida na Casa do Povo, como mais um lamentável retrocesso, presente em um tempo de incertezas, onde se desenham projetos antidemocráticos com potencial perigoso para a continuidade das ações de fomento à cultura e para toda a produção artística. Não aceitaremos mais retrocessos que custarão o sacrifício de poucas conquistas, abdicando do nosso direito à cultura e acesso à informação.

Ficam as perguntas: alguém que prefere ignorar o cenário cultural da cidade cumpre os requisitos para ser Secretário Municipal de Administração e Finanças? Por que não possuímos Secretário de Cultura no município?

Pedimos à população que exerça seus direitos como cidadãos e questione o Secretário Edson Facó sobre o eventual fim da Secretaria de Cultura e sobre o desrespeito demonstrado em sua declaração.

Seguimos nas lutas pela liberdade e por um Quixeramobim de Cultura.

Assinam este manifesto
Entidades e produtores culturais independentes de Quixeramobim".

Escute o trecho do debate na Câmara, puxado pelo vereador Francisco José, o Kim. Em seguida, Edson Facó responde e Idelbrando Rocha interpela:
Postado por: Jornalismo - Sistema Maior de Comunicação

SerTão TV: Exibido no 17º Festival NOIA, “Amores, Coragem” é um curta-metragem sobre a vivência de jovens nos espaços públicos de Quixeramobim

Quixeramobim, no Sertão, para ser mais exata, no coração do Ceará, é de lá que vem a coragem dessas pessoas para amar ou apenas existir, sem medo. O “ocupe a ponte”, foi um movimento que tinha o intuito de ocupar os lugares públicos da cidade, liderado por jovens no ano de 2016. Apesar de ter sido repreendido por uma parcela da sociedade, eles resistiram e fizeram com que as suas vozes fossem ouvidas. Durante vários meses, eles se reuniam para debater política, realizavam rodas de conversa sobre diversos temas, jogavam capoeira ou só queriam se sentir parte de algum lugar, ou se sentirem acolhidos por alguém, já que muitos não se sentiam acolhidos nem dentro de suas próprias casas.

Confira a matéria especial produzida pelo SerTão Para Ser do Ceará sobre o documentário clicando AQUI.

O que é o SerTão Para Ser do Ceará?
Portal integrante do grupo Sistema Maior de Comunicação, o SerTão Para Ser do Ceará apresenta o Sertão em si, visto de dentro, de onde a arte e a cultura, o turismo e os sentimentos surgem mais fortes, com uma proposta de comunicação contemporânea.

Assessoria da Prefeitura diz que paralisação dos garis foi “Fake News”; Garis contrariam informação

Na manhã de hoje, 17, garis de Quixeramobim paralisaram suas atividades em frente a empresa Impacto, responsável pela limpeza urbana do município. A reportagem esteve no local, conversou com os profissionais e os mesmos confirmaram o fato.

Os garis cobravam o pagamento referente ao mês de setembro. Ainda hoje, na sessão da Câmara Municipal, o Célio Neto vereador cobrou uma posição do secretário de Finanças Edson Facó, que estava presente na sessão. O mesmo informou que o pagamento será realizado ainda hoje.
Mediante a informação, os profissionais informaram agora a pouco à reportagem que com esta garantia de pagamento, resolveram retomar ao trabalho.

Mesmo diante dos depoimentos dos garis, as imagens dos profissionais parados em frente a sede da empresa nesta manhã, um assessor da Prefeitura, utilizou um grupo de notícias mantido pelo blog, para classificar a notícia como “Fake News”.

Confira o momento em que reportagem esteve conversando com os garis em frente a empresa:
Vamos nós – Contra imagens, depoimentos e fato, não há argumentos. A reportagem tentou buscar uma posição, mas os responsáveis pela empresa não se encontravam no local.