segunda-feira, 9 de janeiro de 2017

Secretário de Finanças de Senador Pompeu estima que ‘rombo’ na Prefeitura pode ser ainda maior do que o previsto

O prefeito de Senador Pompeu, Maurício Pinheiro (PDT), decretou no final de semana passada, estado de Emergência Financeira e Administrativa no município, por constatar dívidas deixadas pela gestão anterior que somam cerca de R$ 5 milhões.

Porém, o secretário municipal de Finanças, Sávio Pinheiro, revelou em entrevista à reportagem no início da tarde de hoje, 09, que essa dívida pode ser maior: “O rombo pode ser ainda maior. A gente tem parcelamento do INSS que foi feito de vários anos e vamos ver como resolveremos isso”, disse.

Ainda segundo o gestor das Finanças, algumas medidas já estão sendo tomadas: “Estamos fazendo um levantamento para tentar resolver esses problemas e para isso estamos enxugando a folha, diminuímos as secretarias e vamos reduzir os alugueis. Há muitos prédios alugados e a gente tem condições de colocar tudo em um prédio público”.

Matéria relacionada
Maurício Pinheiro decreta Estado de Emergência Financeira e Administrativa em Senador Pompeu

Postado por: Jornalismo - Sistema Maior de Comunicação

Nenhum comentário :

Postar um comentário

O blog Quixeramobim Agora é uma ferramenta de informação que tem como características primordiais a imparcialidade e o respeito a liberdade de expressão.

Contudo, em virtude da grande quantidade de comentários anônimos postados por pessoas que se utilizam do anonimato muitas vezes para ferir a honra e a dignidade de outras, a opção "Anônimo" foi desativada.

Agradecemos a compreensão de todos, disponibilizando desde já um endereço de email para quem tiver interesse em enviar sugestões de matérias, críticas ou elogios: jornalismo@sistemamaior.com.br.

Cordialmente,
Departamento de jornalismo