segunda-feira, 26 de dezembro de 2016

Impasse em torno de nome faz grupo de Cirilo e Edmilson lançar chapa nesta segunda, 26

O grupo liderado pelo ex-prefeito de Quixeramobim, Edmilson Júnior (PMDB), e pelo atual prefeito, Cirilo Pimenta (PDT), ainda não definiu quais os nomes que comporão a chapa de oposição que disputará a Presidência da Câmara Municipal na eleição que se dará em 1° de janeiro.

Dos 15 parlamentares da Casa Legislativa, o grupo conseguiu eleger 12. Desde o resultado das eleições até o momento muito se especulou sobre quem seriam os nomes que comporiam a mesa diretora da Câmara, haja vista que o grupo tem a maioria absoluta para eleger a nova mesa diretora para o biênio 2017/2018.

Mas, o que se assiste é um clima de indefinição interna e uma dificuldade de construir um consenso, o que tem gerado muitas especulações. Para se ter uma ideia, no último sábado, 24, o vereador Evando Cosmo (PSD), lançou-se como possível candidato à presidência da Câmara pelo grupo. Em contato com nossa reportagem, o parlamentar afirmou que a decisão é dele, e que faltaria uma definição do grupo. O ato é visto como uma forma de pressão do parlamentar ao grupo diante da existência de outros nomes cotados, como por exemplo, do vereador Antônio Filho(PSD).

Antônio Filho revelou a reportagem que o grupo ainda não havia de fato definido um nome para encabeçar uma chapa e que esse impasse seria definido hoje. Outro vereador cotado para sentar na cadeira de presidente da Câmara é François Saldanha (PSD), que em entrevista recente revelou o desejo de liderar as ações do legislativo municipal. O parlamentar é um velho conhecido da política local e carrega em seu currículo cinco mandatos como vereador.

Outras opções
Pertencente ao mesmo grupo, mas com visível desgaste popular, quem também é cotado é o atual presidente da Casa, Everardo Júnior (PSD). Comenta-se que ele teria largado o grupo para aliar-se à base do prefeito eleito Clébio Pavone, em uma manobra política para tentar garantir mais dois anos à frente dos trabalhos da Câmara.

Dos pontos em desfavor de uma possível candidatura do atual presidente está a própria situação da Câmara, que há mais de três anos realiza suas sessões em uma prédio emprestado pela Paróquia. O motivo é que o antigo prédio de Câmara e Cadeira é inacessível à população e a obra da nova sede do poder legislativo está abandonada.

Postado por: Jornalismo - Sistema Maior de Comunicação

Nenhum comentário :

Postar um comentário

O blog Quixeramobim Agora é uma ferramenta de informação que tem como características primordiais a imparcialidade e o respeito a liberdade de expressão.

Contudo, em virtude da grande quantidade de comentários anônimos postados por pessoas que se utilizam do anonimato muitas vezes para ferir a honra e a dignidade de outras, a opção "Anônimo" foi desativada.

Agradecemos a compreensão de todos, disponibilizando desde já um endereço de email para quem tiver interesse em enviar sugestões de matérias, críticas ou elogios: jornalismo@sistemamaior.com.br.

Cordialmente,
Departamento de jornalismo