Banner_Banco_Nordeste

quinta-feira, 5 de julho de 2018

Ricardo Silveira se dispõe a atender quixeramobinense que denunciou falta de médico na rede pública de saúde para mostrar exame

Na noite de ontem, 04, o médico e superintendente estadual da Fundação Nacional de Saúde (FUNASA), Ricardo Silveira, entrou em contato com a equipe de jornalismo do Sistema Maior de Comunicação após ouvir a entrevista de Francisco Diassis Martins, que denunciou a falta de médico na rede pública de saúde de Quixeramobim.

Conforme Diassis, ele está com dificuldades para mostrar um exame que foi realizado na rede particular de saúde, em razão de que, na rede pública não havia onde fazer: “Não tem um cardiologista nesse hospital. Fiz um exame particular, tive que tirar dinheiro do meu bolso para pagar, e agora não tem a quem eu mostre. Eu fui na Secretaria, me disseram que não tem médico e não sabem quando ele vai chegar”.

O quixeramobinense ainda realizou um empréstimo para fazer uma cirurgia e, após o procedimento, teve que ir a procura de um exame, não encontrando na rede pública e partindo para a rede privada, pagando do próprio bolso.

Em resposta ao relato, o médico Ricardo Silveira informou ter feito o atendimento de Francisco na rede particular e se disponibilizou para atender ao quixeramobinense de forma gratuita em seu consultório, sendo que, nesta manhã, 05, os números de contatos foram repassados para que ambos pudessem marcar a consulta. (Do Repórter Ceará)

Nenhum comentário :

Postar um comentário

O blog Quixeramobim Agora é uma ferramenta de informação que tem como características primordiais a imparcialidade e o respeito a liberdade de expressão.

Contudo, em virtude da grande quantidade de comentários anônimos postados por pessoas que se utilizam do anonimato muitas vezes para ferir a honra e a dignidade de outras, a opção "Anônimo" foi desativada.

Agradecemos a compreensão de todos, disponibilizando desde já um endereço de email para quem tiver interesse em enviar sugestões de matérias, críticas ou elogios: jornalismo@sistemamaior.com.br.

Cordialmente,
Departamento de jornalismo