Banner_Banco_Nordeste

quarta-feira, 18 de julho de 2018

Polícia prende chefe de facção responsável por fuga que terminou com PM morto em Milhã

Um dos homens mais procurados do Ceará foi preso no município de São José dos Campos, em São Paulo, nesta segunda-feira (16). Ele é apontado pela Polícia como chefe de uma facção criminosa responsável por uma fuga de presos da Cadeia Pública de Milhã, no interior do Ceará, que terminou com um sargento da PM assassinado.

De acordo com a Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), Carlos Odean Bandeira foi capturado em um apartamento durante uma operação conjunta das polícias do Ceará e de São Paulo, com apoio do Grupo de Atuação Especial de Repressão ao Crime Organizado (Gaeco) do Ministério Público de São Paulo. Com ele, a polícia apreendeu R$ 26 mil, documentos falsos e anotações do tráfico de drogas.

Carlos Odean era procurado desde dezembro de 2017, quando foi preso pelo Batalhão de Rondas de Ações Intensivas e Ostensivas (BPRaio), em Fortaleza. Após a prisão, o homem foi conduzido para o Complexo de Delegacias Especializadas (Code), no Bairro de Fátima. No entanto, ele fugiu do Code dois dias após a prisão.

Fuga e mortes
Conforme as investigações da Polícia Civil do Ceará, foi ele quem organizou e efetuou o plano para resgatar duas pessoas, na posse de drogas, que tinham sido presas em operação realizada no dia 8 de dezembro, em Milhã. O resgate aconteceu quatro dias depois. Um terceiro suspeito que conseguiu fugir, identificado por João Eduardo Viana dos Santos, 18, foi morto na troca de tiros com a Polícia.

Durante o tiroteio, o sargento da PM Izaías dos Santos Lima foi atingido na cabeça. A vítima chegou a ser socorrida pelos policiais, mas não resistiu aos ferimentos e morreu.

Um outro fugitivo, identificado como Antônio Jardel Ribeiro de Aquino, 31, foi morto durante um novo confronto com a polícia. Jardel estava com um revólver calibre 38. De acordo com as investigações, ele também participou do resgate dos três presos na Cadeia Pública de Milhã.

Transferência para o CE
O criminoso preso em São Paulo deverá ser transferido para um presídio do Ceará, conforme a SSPDS. Ele foi autuado em flagrante por uso de documento falso e foi cumprido um mandado de prisão pelo homicídio do sargento Izaías.

Além disso, Odean já tinha passagens na polícia por tráfico de drogas, associação para o tráfico, fuga de presos, uso de documentos falsos e porte de arma de uso restrito, além de ser investigado por três homicídios.

O homem também tem passagem por associação criminosa, fuga de preso e uso de documento falso. Ele é investigado no Ceará pelos crimes de organização criminosa, tráfico de drogas e lavagem de dinheiro pela atuação em uma facção criminosa que atua na região do Sertão Central cearense, principalmente nas cidades de Milhã e Quixeramobim. (Do G1-CE)

Nenhum comentário :

Postar um comentário

O blog Quixeramobim Agora é uma ferramenta de informação que tem como características primordiais a imparcialidade e o respeito a liberdade de expressão.

Contudo, em virtude da grande quantidade de comentários anônimos postados por pessoas que se utilizam do anonimato muitas vezes para ferir a honra e a dignidade de outras, a opção "Anônimo" foi desativada.

Agradecemos a compreensão de todos, disponibilizando desde já um endereço de email para quem tiver interesse em enviar sugestões de matérias, críticas ou elogios: jornalismo@sistemamaior.com.br.

Cordialmente,
Departamento de jornalismo