terça-feira, 4 de julho de 2017

Tiririca é acusado de assédio sexual por ex-funcionária

O deputado federal Tiririca é acusado de assédio sexual contra uma ex-funcionária, identificada como Maria Lúcia Gonçalves Freitas de Lima, 41. Por causa do foro privilegiado, o processo foi enviado ao Supremo Tribunal Federal, no último dia 20 de junho, sendo distribuído ao ministro Celso de Mello. A mulher registrou a ocorrência na 10ª Delegacia de Polícia de Brasília; Tiririca e a esposa contestaram com queixa policial, alegando tentativa de extorsão por parte da doméstica, que teria cobrado R$ 100 mil do casal.

Processo
O ministro Celso de Mello ordenou que a etiqueta dos autos fosse mudada de "crime contra o patrimônio/extorsão" para "crime contra a liberdade sexual". A assessoria de imprensa do deputado foi procurada na manhã desta terça-feira, 4, e informou que deve se posicionar em breve. (Do O Povo Online)

Nenhum comentário :

Postar um comentário

O blog Quixeramobim Agora é uma ferramenta de informação que tem como características primordiais a imparcialidade e o respeito a liberdade de expressão.

Contudo, em virtude da grande quantidade de comentários anônimos postados por pessoas que se utilizam do anonimato muitas vezes para ferir a honra e a dignidade de outras, a opção "Anônimo" foi desativada.

Agradecemos a compreensão de todos, disponibilizando desde já um endereço de email para quem tiver interesse em enviar sugestões de matérias, críticas ou elogios: jornalismo@sistemamaior.com.br.

Cordialmente,
Departamento de jornalismo