quarta-feira, 19 de julho de 2017

Réus acusados de assassinato de PMs em Quixadá são apresentados em audiência


O Fórum de Justiça Desembargador Avelar Rocha, em Quixadá, recebeu nesta quarta-feira (19), cinco réus acusados do assassinato de três policiais militares no fim de junho do ano passado neste Município. Um aparato especial com aproximadamente 80 agentes de segurança foi montado. Segundo o comando do 9º Batalhão da Polícia Militar (BPM) além do efetivo normal equipes especiais do BPRaio e Cotar estão reforçando a segurança no entorno do prédio da Justiça, na primeira audiência de instrução.

De acordo com comandante do 9º BPM, coronel Ednardo Calixto, o aparato tem como objetivo resguardar a integridade dos cinco réus bem como a normalidade da realização da audiência judicial. Diante da repercussão que o crime causou muitos curiosos poderiam seguir para o Fórum. A multidão poderia tumultuar os trabalhos da Justiça. Por esses motivos o efetivo foi reforçado, a área isolada e o acesso restrito.

Equipes do Departamento Municipal de Transito (DMT) e da Guarda Municipal ficaram responsáveis pelo controle do tráfego na Av. Jesus Maria José, onde o Fórum de Justiça está situado. Uma das mãos da avenida foi interditada.  Os agentes de transito ficaram com uma lista de acesso autorizado. Dois micro-ônibus da Secretaria de Justiça do Estado (Sejus) transportaram os agentes penitenciários.

Dentre os réus escoltados pela equipe da Sejus nesta manhã ao salão do Tribunal do Júri do Fórum de Quixadá estão Deivid Wiliam Lázaro, vulgo “Deivinho”, Fábio Jandeson Gomes de Sousa, cognominado “Jandeson do Feijão”, Francisco Neuton Barbosa Ferreira, vulgo “Casquinha”, Fábio Oliveira Barbosa, vulgo “Fábio Bombado”, e João Victor da Silva. Não foi informada previsão do encerramento da audiência.

Suposto Resgate 
Acerca da existência de um suposto plano de resgate dos cinco réus o comandante do 9º BPM informou não haver veracidade nos boatos espalhados nas redes sociais e até por blogueiros da cidade. As forças de segurança do Estado não oficializaram nada a respeito. Independente dos batos o esquema de segurança será mantido, incluindo no retorno dos réus à unidade penitenciária. (Do Diário Sertão Central)

Nenhum comentário :

Postar um comentário

O blog Quixeramobim Agora é uma ferramenta de informação que tem como características primordiais a imparcialidade e o respeito a liberdade de expressão.

Contudo, em virtude da grande quantidade de comentários anônimos postados por pessoas que se utilizam do anonimato muitas vezes para ferir a honra e a dignidade de outras, a opção "Anônimo" foi desativada.

Agradecemos a compreensão de todos, disponibilizando desde já um endereço de email para quem tiver interesse em enviar sugestões de matérias, críticas ou elogios: jornalismo@sistemamaior.com.br.

Cordialmente,
Departamento de jornalismo