sexta-feira, 2 de junho de 2017

Aplicativo possibilita jovens de baixa renda viajar de graça em território nacional

Viajar de forma gratuita entre os estados brasileiros agora é realidade para pessoas que recebem até dois salários-mínimo e têm entre 15 e 29 anos. O direito, previsto no Estatuto da Juventude desde 2013, foi regulamentado neste ano pela Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT). Para conseguir o benefício é preciso se cadastrar no aplicativo ID Jovem. De acordo com o Governo Federal, a medida deve afetar 18 milhões de pessoas.

A identidade, que serve como uma espécie de documento digital, também permite a meia entrada em shows, espetáculos e eventos esportivos. Além do aplicativo, também é possível fazer o cadastro por meio do site. A chave para o acesso é o Número de Identificação Social (NIS), de 11 dígitos. Para usar o benefício, basta mostrar a imagem do cartão na tela do celular quando for adquirir bilhete ou ingresso. É necessário, também, apresentar documento oficial com foto. A reserva de vagas em ônibus interestaduais deverá se feita, no mínimo, três horas antes da viagem.

A compra da meia-entrada artística-cultural e esportiva é semelhante à da Carteira de Identificação Estudantil. Basta apresentar a ID Jovem no momento da aquisição do ingresso e na portaria ou na entrada do local de realização do evento, acompanhada sempre de documento oficial com foto. A possibilidade permite que jovens de baixa renda que não estudam também paguem meia entrada em diversos eventos.

Cada veículo terá duas vagas gratuitas reservadas, valendo o mesmo para comboio ferroviário ou embarcação de transporte interestadual. Também serão reservadas duas vagas com desconto de 50% que serão usadas depois que as vagas gratuitas forem esgotadas.

As recusas em aceitar a ID Jovem no pagamento da meia-entrada devem ser encaminhadas ao Procon Caso a empresa se recuse a fornecê-lo, as denúncias devem ser feitas pelo telefone 166 da ANTT. (Do O Povo)

Nenhum comentário :

Postar um comentário

O blog Quixeramobim Agora é uma ferramenta de informação que tem como características primordiais a imparcialidade e o respeito a liberdade de expressão.

Contudo, em virtude da grande quantidade de comentários anônimos postados por pessoas que se utilizam do anonimato muitas vezes para ferir a honra e a dignidade de outras, a opção "Anônimo" foi desativada.

Agradecemos a compreensão de todos, disponibilizando desde já um endereço de email para quem tiver interesse em enviar sugestões de matérias, críticas ou elogios: jornalismo@sistemamaior.com.br.

Cordialmente,
Departamento de jornalismo