terça-feira, 4 de abril de 2017

“Procedimento simples poderia ter evitado a morte do meu bebê”, revela pai que perdeu filho recém-nascido, em Quixeramobim

A reportagem do Blog Quixeramobim Agora conversou com o pai do pequeno David Ismael, Diego Iran, que revelou detalhes acerca da situação de seu filho. David nasceu de parto normal no dia 28 de março, no Hospital Regional Dr. Pontes Neto, em Quixeramobim. Feitos todos os procedimentos necessários na unidade hospitalar, a mãe de David e a própria criança tiveram alta no dia seguinte, 29 de março.

Conforme Diego, ainda no dia 29, a família percebeu que o pequeno estava bastante inquieto, e começava a dar sintomas de que não estava bem. No dia 02 de abril o bebê foi levado às pressas ao Hospital Infantil, enjoado e com vômitos. Após análise médica, a equipe clínica do Infantil detectou que o pequeno possuía uma anomalia, o canal retal obstruído, o que certamente seria a causa dos problemas que a criança vinha apresentando. A equipe médica do Hospital Infantil revelou ao pai da criança que este tipo de problema poderia ter sido detectado quando a criança ainda estava no Hospital Pontes Neto, tendo em vista que este tipo de observação faz parte dos procedimentos adotados após o nascimento da criança.

Imediatamente o pequeno David foi encaminhado novamente ao Hospital Pontes Neto e, de lá, ao Albert Sabin, em Fortaleza, onde foram feitas duas cirurgias. Os médicos da capital informaram que mesmo com as cirurgias o aparelho intestinal da criança já havia rompido, o que ocasionou outros problemas, como infecção. Mesmo com todos os procedimentos cabíveis ao caso adotados, a criança não resistiu e morreu por volta de 1h:30min da madrugada desta terça-feira, 04 de abril.

Bastante abalado, Diego Iran revelou que sua esposa está em choque com toda a situação, e disse ainda: “Se um procedimento simples tivesse sido feito poderia ter evitado a morte do meu bebê”. O corpo do pequeno será velado a partir das 19 horas, na igreja Batista, na Rua Castelo Branco, e será enterrado às 08 horas da manhã desta quarta-feira, 05.

A reportagem entrou em contato com a Direção Clínica do Hospital Regional Dr. Pontes Neto, que afirmou estar aguardando mais informações sobre o caso e que se pronunciará posteriormente.

Postado por: Jornalismo - Sistema Maior de Comunicação

2 comentários :

  1. Um absurdo! Todo recém nascido deve ser avaliado após o parto , e so deve ter alta após ser verificado se esta tudo bem Houve negligencia medica!!

    ResponderExcluir
  2. Os responsaveis precisa pagar por negligência. Não é apurar o caso pra se pronunciar. Está ai na cara que foi negligência médica. E tem que pagar por isso. Por erro médico e irresponsabilidade,estão os pais sentindo a dor da perca de um filho tão desejado e esperado. Processo.

    ResponderExcluir

O blog Quixeramobim Agora é uma ferramenta de informação que tem como características primordiais a imparcialidade e o respeito a liberdade de expressão.

Contudo, em virtude da grande quantidade de comentários anônimos postados por pessoas que se utilizam do anonimato muitas vezes para ferir a honra e a dignidade de outras, a opção "Anônimo" foi desativada.

Agradecemos a compreensão de todos, disponibilizando desde já um endereço de email para quem tiver interesse em enviar sugestões de matérias, críticas ou elogios: jornalismo@sistemamaior.com.br.

Cordialmente,
Departamento de jornalismo