segunda-feira, 17 de abril de 2017

Mais da metade dos fortalezenses têm excesso de peso, diz estudo

Mais da metade da população de Fortaleza têm excesso de peso, de acordo com estudo do Ministério da Saúde divulgado nesta segunda-feira (17). Entre 2006 e 2016, a população brasileira com excesso de peso subiu de 42,6% para 53,8%.

Na capital cearense, o índice é acima da média de todas as capitais, com 56,5% das pessoas com sobrepeso, o sexto maior índice do país. Rio Branco tem o maior índice, com 60,6%, e Palmas, o menos, 47,7%. Em relação à obesidade, a população brasileira cresceu de 11,8% para 18,9% no mesmo período, sendo mais frequente entre pessoas com mais de 25 anos e com baixa escolaridade.

A obesidade e o excesso de peso são calculados a partir do Índice de Massa Corporal que divide o peso pela altura ao quadrado do entrevistado. Índices iguais ou maiores que 25 são considerados como excesso de peso e maiores de 30 kg/m2, obesidade. (Do G1-CE)

Nenhum comentário :

Postar um comentário

O blog Quixeramobim Agora é uma ferramenta de informação que tem como características primordiais a imparcialidade e o respeito a liberdade de expressão.

Contudo, em virtude da grande quantidade de comentários anônimos postados por pessoas que se utilizam do anonimato muitas vezes para ferir a honra e a dignidade de outras, a opção "Anônimo" foi desativada.

Agradecemos a compreensão de todos, disponibilizando desde já um endereço de email para quem tiver interesse em enviar sugestões de matérias, críticas ou elogios: jornalismo@sistemamaior.com.br.

Cordialmente,
Departamento de jornalismo