terça-feira, 14 de fevereiro de 2017

Declaração de Camilo provoca mal-estar no PT

O deputado federal e líder da minoria na Câmara, José Guimarães (PT), defendeu ontem candidatura de Lula em 2018, garantiu permanência de Camilo Santana no PT e criticou o PSB, que estaria fazendo “pressão psicológica” para que o governador do Estado deixe a legenda.

Em entrevista às “Páginas Azuis” do O POVO na última segunda-feira, 13, Camilo defendeu o nome de Ciro Gomes para as eleições presidenciais de 2018, tendo o ex-prefeito de São Paulo Fernando Haddad (PT) como vice. Para Guimarães, entretanto, a presença do ex-presidente petista é fundamental para vencer a disputa.

“O PDT tem um nome, Ciro. O PT tem o nome do Lula, e não é pouca coisa um nome com 34% dos votos (intenções de votos). O PCdoB tem o Aldo Rebelo. Na hora certa, ideal, vamos sentar e discutir isso. Camilo tem uma opinião e é legítimo que ele defenda. Isso não pode ser objeto de crise”, afirmou o parlamentar.

Para Guimarães, discutir nomes neste momento enfraquece as possibilidades de união da esquerda. Mas ele irá defender a participação de Lula no processo. Presidente estadual do PT, Francisco de Assis Diniz disse ao jornalista Eliomar de Lima que Camilo “falou como filiado” e que a discussão sobre 2018 será f
eita para adiante. (Do O Povo Online)

Nenhum comentário :

Postar um comentário

O blog Quixeramobim Agora é uma ferramenta de informação que tem como características primordiais a imparcialidade e o respeito a liberdade de expressão.

Contudo, em virtude da grande quantidade de comentários anônimos postados por pessoas que se utilizam do anonimato muitas vezes para ferir a honra e a dignidade de outras, a opção "Anônimo" foi desativada.

Agradecemos a compreensão de todos, disponibilizando desde já um endereço de email para quem tiver interesse em enviar sugestões de matérias, críticas ou elogios: jornalismo@sistemamaior.com.br.

Cordialmente,
Departamento de jornalismo