quarta-feira, 9 de agosto de 2017

Curso de Medicina

Com o título “Curso de Medicina”, eis o artigo do gerente regional da Companhia de Gestão dos Recursos Hídricos (Cogerh), Paulo Ferreira, falando sobre as questões político-sociais em torno do tema. Confira:

É só se aproximar o período eleitoral que começamos a ver as velhas e desveladas práticas de tentar angariar dividendos eleitorais com projetos que não são de sua autoria. Quem usa destes expedientes nem de longe participou do processo de concepção e nunca se dedicou um minuto ao processo de discussão social. É como se fossem verdadeiros mestres do ilusionismo, transformam a caneta em “varinha de condão” e com uma canetada tudo está resolvido, simples!

Esta discussão que alguns tem travado sobre o curso de medicina beira ao ridículo, brincam com a memória do povo e só podem ter certeza que somos uma comunidade, ou melhor uma manada, pronta para atender o comando do próximo “vaqueiro” que chegar. Tenham pudor.

O sonho do Curso de Medicina em Quixeramobim não nasceu ontem e nem tão pouco neste século, sejamos honestos com a história e não admitamos que alguém nos convença que este sonho, tão almejado por todos, só se concretizará agora por uma simples canetada.

E toda nossa mobilização social e as horas de dedicação e trabalho daqueles que já morreram e se dedicaram a isso, e as milhares de assinaturas em livros de abaixo-assinado, e a valorosa participação da impressa com campanhas publicitárias, e as centenas de quilômetros que tivemos que rodar dialogando com dezenas de lideranças da região, e a participação dos estudantes que vestiram a camisa literalmente, e os compromissos assumidos por diversos políticos, os esforços dos governantes (locais, estaduais e nacionais) em dotar o município de infraestrutura adequada para comportar tão grande investimento, e o sentimento de união que toma conta de todos nós quando falamos deste assunto? Será que estou louco e nada disso foi construído? Porventura tudo isso é fruto da minha imaginação?

Gostaria de encerrar este pequeno texto relembrando o dia 07 de junho de 2013, foi uma tarde de sexta-feira, no auditório da Escola de Ensino Profissional Dr. Jose Alves da Silveira, ali a Câmara Municipal de Quixeramobim realizou uma das mais importantes audiências públicas de sua história, pois contou com a participação de representantes de câmaras municipais de toda região, a população, estudantes, empresários, profissionais da saúde, gestores municipais, imprensa, secretários de Estado, deputados estaduais e federais e ali foi feito o primeiro ato público e político em prol do curso de medicina em Quixeramobim.

Acredito que nosso povo não será envolvido por esta “cortina de intrigas” que estão tentando criar entre Quixeramobim e Quixadá que tem o claro objetivo de desviar o foco e nos fazer esquecer do que já fizemos e como somos capazes de se mobilizar e lutar por aquilo que queremos. Não vamos desistir!!

“Nas lutas pela liberdade, Para atingir tão nobre fim, Sempre seguiu, com lealdade, Na frente, Quixeramobim”!

Nenhum comentário :

Postar um comentário

O blog Quixeramobim Agora é uma ferramenta de informação que tem como características primordiais a imparcialidade e o respeito a liberdade de expressão.

Contudo, em virtude da grande quantidade de comentários anônimos postados por pessoas que se utilizam do anonimato muitas vezes para ferir a honra e a dignidade de outras, a opção "Anônimo" foi desativada.

Agradecemos a compreensão de todos, disponibilizando desde já um endereço de email para quem tiver interesse em enviar sugestões de matérias, críticas ou elogios: jornalismo@sistemamaior.com.br.

Cordialmente,
Departamento de jornalismo