Banner_Banco_Nordeste

segunda-feira, 9 de julho de 2018

Serviço de manutenção da iluminação pública de Quixeramobim está parado por falta de material e população se pergunta onde está o dinheiro da taxa paga todo mês

O serviço de manutenção da iluminação pública de Quixeramobim está parado. Esta foi a denúncia feita na manhã de hoje, 09, no Programa SerTão Conta Mais, da Rádio Campo Maior AM 840.

Conforme apurado pela reportagem, o motivo pela parada temporária no serviço é a falta de material na Secretaria de Infraestrutura.

O consumidor paga, todo mês, determinada taxa pela iluminação pública. O dinheiro é destinado à compra de materiais e demais serviços voltados para o setor, de modo que a população seja beneficiada.

Em Quixeramobim, ao que tudo indica, o que pagamento da taxa não está suprindo a carência de materiais, tanto que o estoque veio a se esgotar, deixando a população sem o serviço por um prazo totalmente desconhecido.

A população se pergunta e desabafa: “Onde está o dinheiro do imposto? Nós pagamos uma taxa absurda, por uma iluminação de péssima qualidade, com ruas que possuem luzes de postes queimadas ou com algum defeito. E ainda existem ruas que nem iluminação têm”.

A iluminação pública é um serviço que deve ser realizado com maestria e responsabilidade. Está diretamente ligado à infraestrutura, ambientação e segurança de uma cidade.

A população reivindica que o prefeito Clébio Pavone, juntamente com o secretário de Infraestrutura, se manifestem a respeito do caso e clama que o problema seja solucionado o mais rápido possível, afinal, dinheiro tem, porque o imposto é pago todo mês. (Do Repórter Ceará)

Nenhum comentário :

Postar um comentário

O blog Quixeramobim Agora é uma ferramenta de informação que tem como características primordiais a imparcialidade e o respeito a liberdade de expressão.

Contudo, em virtude da grande quantidade de comentários anônimos postados por pessoas que se utilizam do anonimato muitas vezes para ferir a honra e a dignidade de outras, a opção "Anônimo" foi desativada.

Agradecemos a compreensão de todos, disponibilizando desde já um endereço de email para quem tiver interesse em enviar sugestões de matérias, críticas ou elogios: jornalismo@sistemamaior.com.br.

Cordialmente,
Departamento de jornalismo