Banner_Banco_Nordeste

sábado, 21 de julho de 2018

1 minuto com Sérgio Machado: Não faltam recursos, falta gestão!


A falta de recursos tem sido apontada pela atual gestão municipal como a principal causa de quase todos os problemas que afetam a cidade hoje. Se faltam medicamentos, é porque falta dinheiro para repor os estoques. Se as ruas estão sujas, é porque faltam verbas para pagar os garis. Se a iluminação não funciona, é porque faltam recursos para custear a manutenção. E por aí se estende a interminável lista de problemas supostamente causados pela crise financeira.

É verdade que no Brasil a principal forma de financiamento dos municípios é o repasse de recursos do governo estadual, e principalmente, do governo federal. Por isso, quando a arrecadação da União começou a cair, por conta da recessão econômica, muitas prefeituras entraram em crise. Mas desde meados do ano passado que a arrecadação voltou a subir, e chegou a atingir, somente no último mês de maio, uma alta de mais de 20% em comparação com o mesmo período de 2017.

Por isso, está difícil acreditar que os problemas que hoje enfrentamos estão sendo causados porque o governo estadual ou o governo federal não têm repassado as verbas necessárias para o funcionamento da máquina pública.

Pelo contrário: A cada dia está mais claro que o nosso maior problema não é falta de recurso, mas sim falta de gestão.

Postado por: Jornalismo - Sistema Maior de Comunicação - Com Repórter Ceará

Nenhum comentário :

Postar um comentário

O blog Quixeramobim Agora é uma ferramenta de informação que tem como características primordiais a imparcialidade e o respeito a liberdade de expressão.

Contudo, em virtude da grande quantidade de comentários anônimos postados por pessoas que se utilizam do anonimato muitas vezes para ferir a honra e a dignidade de outras, a opção "Anônimo" foi desativada.

Agradecemos a compreensão de todos, disponibilizando desde já um endereço de email para quem tiver interesse em enviar sugestões de matérias, críticas ou elogios: jornalismo@sistemamaior.com.br.

Cordialmente,
Departamento de jornalismo