segunda-feira, 5 de junho de 2017

TRE-CE já cadastrou mais de 40% do eleitores com biometria no Estado do Ceará

O Tribunal Regional Eleitoral do Ceará (TRE-CE) já recadastrou mais de 2 milhões e 600 mil eleitores, o que representa 41,3% do eleitorado, através da coleta dos dados biométricos. Até as eleições de 2018, a meta do Tribunal é recadastrar 75% dos 6.296.779 eleitores em todo o Estado.

Para atingir a meta de 75% do eleitorado, a atual gestão do TRE-CE vem intensificando os trabalhos, com a abertura de novos postos de atendimento em Fortaleza, a inclusão de mais 69 municípios no ciclo da biometria (em 2017-2018), e a assinatura de convênios com o Governo do Estado e a 10ª Região Militar para a cessão de estagiários do Programa Primeiro Passo e de militares do Exército, que estão auxiliando no recadastramento de eleitores.

Em 2014, o Ceará tinha apenas 7% dos seus eleitores cadastrados com biometria. O TRE-CE disponibilizou, em todo o Estado, o sistema de agendamento de recadastramento, que pode ser feito através do telefone 148 ou na página do tribunal. Em Fortaleza, o Tribunal vem atendendo através do agendamento apenas na Central da Praia de Iracema. Nos demais postos, o atendimento é realizado por ordem de chegada, com a distribuição de senhas. No Interior do Estado, os eleitores são atendidos nos respectivos cartórios das zonas eleitorais.

Para tirar o título e realizar a coleta dos dados biométricos são necessários os seguintes documentos:

I. RG ou qualquer outro documento que comprove a nacionalidade brasileira (Ex: Carteira de Trabalho ou carteira emitida pelos órgãos criados por lei federal);
II. Certificado de quitação com o serviço militar, para os brasileiros do sexo masculino, com idade entre 18 a 45 anos que for tirar o título pela primeira vez;
III. Comprovante de residência. (Do Repórter Ceará)

Nenhum comentário :

Postar um comentário

O blog Quixeramobim Agora é uma ferramenta de informação que tem como características primordiais a imparcialidade e o respeito a liberdade de expressão.

Contudo, em virtude da grande quantidade de comentários anônimos postados por pessoas que se utilizam do anonimato muitas vezes para ferir a honra e a dignidade de outras, a opção "Anônimo" foi desativada.

Agradecemos a compreensão de todos, disponibilizando desde já um endereço de email para quem tiver interesse em enviar sugestões de matérias, críticas ou elogios: jornalismo@sistemamaior.com.br.

Cordialmente,
Departamento de jornalismo