sábado, 24 de junho de 2017

Conclusão da PF é de que não houve edição de gravação a Michel Temer

A Polícia Federal concluiu que não houve edição na gravação feita pelo empresário Joesley Batista, um dos donos da JBS, de conversa com o presidente Michel Temer. Conforme a análise realizada pelo Instituto Nacional de Criminalística (INC), foram constatadas mais de 180 interrupções, mas sem qualquer indício de irregularidade.

O equipamento usado por Joesley possui um dispositivo que pausa automaticamente a gravação em momentos de silêncio e retoma quando identifica som. O resultado da análise da PF já foi informado de forma informal ao relator do inquérito no Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Edson Fachin. (Do O Povo Online)

Nenhum comentário :

Postar um comentário

O blog Quixeramobim Agora é uma ferramenta de informação que tem como características primordiais a imparcialidade e o respeito a liberdade de expressão.

Contudo, em virtude da grande quantidade de comentários anônimos postados por pessoas que se utilizam do anonimato muitas vezes para ferir a honra e a dignidade de outras, a opção "Anônimo" foi desativada.

Agradecemos a compreensão de todos, disponibilizando desde já um endereço de email para quem tiver interesse em enviar sugestões de matérias, críticas ou elogios: jornalismo@sistemamaior.com.br.

Cordialmente,
Departamento de jornalismo