Banner_Banco_Nordeste

segunda-feira, 9 de julho de 2018

Poder Público não atende reivindicação e, com recursos próprios, empresa privada implanta iluminação em rua de Quixeramobim

A Rua José Campos Torquato, em Quixeramobim, agora conta com iluminação. A reivindicação vinha sendo feita por seus moradores há tempos, contudo, a implantação não foi feita pelo Poder Público Municipal.

Conforme nota divulgada por uma quixeramobinense, a construtora Igue foi a responsável pela ação. O projeto e implantação foram realizados pela empresa privada, sem ajuda da administração municipal.

Em conversa com a reportagem, os donos da construtora Igue, Regilania e Reynaldo Igue, informaram que “toda a infra-estrutura que existe, tais como, rede de água, calçamento, energia elétrica e iluminação pública foi realizada através de um investimento 100% privado”.

Ambos ainda ressaltaram se sentirem orgulhosos por estarem a frente do projeto, “trazendo benefícios à cidade de Quixeramobim e população”.

Confira a nota de agradecimento completa:

“Venho aqui agradecer a minha amiga Regilania Igue pela realização desse projeto tão sonhado por nós moradores da Rua José Campos Torquato! Só você mesmo minha amiga pra poder concluir esse projeto que é de real valor para todos nós. Que Deus encha sua vida ainda mais de bençãos e ilumine cada vez mais seus projetos. Você merece!!! (Rua José Campos Torquato agora está iluminada, mérito todo seu minha amiga, que lutou sozinha nesse projeto).”

(Do Repórter Ceará)

Nenhum comentário :

Postar um comentário

O blog Quixeramobim Agora é uma ferramenta de informação que tem como características primordiais a imparcialidade e o respeito a liberdade de expressão.

Contudo, em virtude da grande quantidade de comentários anônimos postados por pessoas que se utilizam do anonimato muitas vezes para ferir a honra e a dignidade de outras, a opção "Anônimo" foi desativada.

Agradecemos a compreensão de todos, disponibilizando desde já um endereço de email para quem tiver interesse em enviar sugestões de matérias, críticas ou elogios: jornalismo@sistemamaior.com.br.

Cordialmente,
Departamento de jornalismo