Banner_Banco_Nordeste

quarta-feira, 4 de julho de 2018

Com maior número de vendedores ambulantes da cidade, antiga Praça da Cobal está suja, escura e insegura

Um espaço lotado, onde se vendem roupas e comidas e, de agravante, um trânsito intenso de pessoas. Este é o panorama da Antiga Praça da Cobal, o local onde se encontra o maior número de vendedores ambulantes de Quixeramobim.

Localizada no Centro da cidade, a Praça é ocupada de forma desordenada. Há pessoas que vendem roupas e comidas no local, contudo, não há uma divisão para sejam diferenciados os produtos. Alia-se a isso a questão de que, por conta do alto número de camelôs, o espaço para caminhar fica reduzido, tornando o acesso de pessoas complicado.

A maior reivindicação das pessoas que ocupam a praça é a instalação de boxes, tanto para a divisão como para a organização do espaço. Prova disso, é o relato da senhora Maria de Jesus, que ressaltou uma promessa feita pelo Poder Público, em relação a implantação dos boxes, mas, “até hoje nada”.

Outra senhora que também comentou a situação, foi Maria José, que pontuou: “Mesmo se cobrassem uma taxa a gente pagava, mas seria importante o box”.

O local é sujo, escuro e inseguro, necessitando da atenção do Poder Público Municipal no sentido de atender a reivindicação das pessoas que lutam, todos os dias, para conseguir o seu ‘ganha pão’. É um espaço carente de infraestrutura e que registra, diariamente, um fluxo intenso de pessoas.

Como ressaltou o radialista Sérgio Machado: “É preciso uma atenção maior por parte do Poder Público. É necessário que os vendedores tenham seu espaço próprio, como um galpão, para que a praça seja liberada e as vendas possam continuar. Após isso, o espaço seria revitalizado”.
Postado por: Jornalismo - Sistema Maior de Comunicação

Nenhum comentário :

Postar um comentário

O blog Quixeramobim Agora é uma ferramenta de informação que tem como características primordiais a imparcialidade e o respeito a liberdade de expressão.

Contudo, em virtude da grande quantidade de comentários anônimos postados por pessoas que se utilizam do anonimato muitas vezes para ferir a honra e a dignidade de outras, a opção "Anônimo" foi desativada.

Agradecemos a compreensão de todos, disponibilizando desde já um endereço de email para quem tiver interesse em enviar sugestões de matérias, críticas ou elogios: jornalismo@sistemamaior.com.br.

Cordialmente,
Departamento de jornalismo