Banner_Banco_Nordeste

quarta-feira, 31 de janeiro de 2018

Vereadores votam contra urgência simples do projeto que permite transferir gerência do HRDPN

Oito vereadores votaram contra a urgência simples do projeto do executivo 001/2018 que autoriza o prefeito de Quixeramobim, Clébio Pavone, a repassar, durante este ano de 2018, a importância de até R$ 10 milhões, em convênios com entidades filantrópicas, dentre elas, uma Organização Social de Saúde (OSS) para gerir o Hospital Regional Dr. Pontes Neto.

Apenas a mesa diretora, composta por François Saldanha, Claudinha Borges, Francisco José (Kim) e Cristina Pimenta, além de Célio Neto, votaram pela urgência. Caso tivesse sido aprovada a Urgência Simples, o projeto seria votado ainda na sessão de hoje, 31, mas a estratégia da base aliada foi outra.

A intenção foi adiar a votação para ter tempo para 'esclarecer' o projeto a população. Votaram contra a urgência simples: Teodomiro Neto, Aucélio Coutinho, Fernando Antônio, Edson Nogueira, Idelbrando Rocha, Evando Cosmo, Everardo Junior e Roberlan Saldanha. Desta forma, o projeto segue para uma comissão da casa, que deve analisar a proposta e solicitar uma audiência pública sobre o assunto.

Os vereadores Antônio Filho e Terezinha Pimentel não compareceram por problemas de saúde.

Postado por: Jornalismo - Sistema Maior de Comunicação

Nenhum comentário :

Postar um comentário

O blog Quixeramobim Agora é uma ferramenta de informação que tem como características primordiais a imparcialidade e o respeito a liberdade de expressão.

Contudo, em virtude da grande quantidade de comentários anônimos postados por pessoas que se utilizam do anonimato muitas vezes para ferir a honra e a dignidade de outras, a opção "Anônimo" foi desativada.

Agradecemos a compreensão de todos, disponibilizando desde já um endereço de email para quem tiver interesse em enviar sugestões de matérias, críticas ou elogios: jornalismo@sistemamaior.com.br.

Cordialmente,
Departamento de jornalismo