quarta-feira, 2 de agosto de 2017

Governo e oposição travam queda de braço para votação de denúncia

Nas últimas 24 horas o presidente Michel Temer (PMDB) decidiu exonerar ministros para voltar à Câmara dos Deputados temporariamente e votar a favor do governo e publicou medida provisória para aliviar dívidas previdenciárias de ruralistas. Como estratégia, o peemedebista recebeu deputados no gabinete presidencial, almoçou com a Frente Parlamentar da Agropecuária e jantou com dezenas de parlamentares.

A força-tarefa na véspera da votação da denúncia da Procuradoria-Geral da República (PGR) contra o peemedebista por corrupção passiva foi uma tentativa de mobilizar os deputados da base a dar quórum na votação de hoje e enterrar um possível afastamento do cargo.

Após reuniões nas últimas horas de ontem, a base mudou o discurso e prometeu garantir a presença mínima para abrir a votação por volta das 11 horas da manhã. “A orientação é todo mundo chegar e dar presença para concluir logo isso aí”, disse o deputado Raimundo Matos (PSDB). (Do O Povo Online)

Nenhum comentário :

Postar um comentário

O blog Quixeramobim Agora é uma ferramenta de informação que tem como características primordiais a imparcialidade e o respeito a liberdade de expressão.

Contudo, em virtude da grande quantidade de comentários anônimos postados por pessoas que se utilizam do anonimato muitas vezes para ferir a honra e a dignidade de outras, a opção "Anônimo" foi desativada.

Agradecemos a compreensão de todos, disponibilizando desde já um endereço de email para quem tiver interesse em enviar sugestões de matérias, críticas ou elogios: jornalismo@sistemamaior.com.br.

Cordialmente,
Departamento de jornalismo