quarta-feira, 2 de agosto de 2017

Belém, mostre-me tuas veredas


Distante 21 km da sede de Quixeramobim, se desdobra um pequeno Distrito, que é simples e organizado. Deste Belém, que não é do Pará, nem onde Jesus nasceu, o sol esquenta a alma do homem agricultor e pecuarista, que não cansa de sonhar com dias de abundância hídrica e um bom feijão maduro com nata no almoço.

Os filhos do Distrito, são lutadores inatos. Já sabem que vão cair algumas vezes, mas vão levantar a cabeça muito mais. Há quem diga que, todos os que moram em Belém, fazem parte de uma família só. Ou duas. As versões mudam conforme as bocas que falam.

Seguindo por tuas veredas e ruas, é possível ver a capela de São Sebastião. Um ponto de devoção e união de toda a comunidade. Aos domingos, é possível escutar: "Viva a Jesus Cristo", "Viva ao Povo de Deus". Já em dez dias de janeiro, a aclamação vai ao santo mártire, com setas pelo corpo e preso em um tronco: "Viva a São Sebastião".

Tua barragem, que anos atrás jorrava água Belém a fora, hoje, jaz seca. Teu céu, que apesar de ser azul todo dia e não ser tão nublado, já derramou muita água sobre esta terra que, de sede, esquece de florir. Tuas árvores, algumas que de tanto tempo são consideradas da família, ainda estão de pé e não tem serra que corte ou vento que derrube.

Ainda há o clube de festas, para os casais dançarem forró agarradinhos, por horas da noite que seguem pela madrugada. Mas não são só as pernas de dançam. O vento baila com as folhas e galhos dos arvoredos e das matas dos currais.

Mas, o Belém não seria Belém sem o Francisco Lôbo. Não a escola de ensino fundamental, mas o homem que, de generosidade e amor pelo seu lugar, cedeu muitas terras para que se construísse o local onde os alunos aprendem do ABC até a Guerra Fria.

Ê Belém, tua terra promove descanso e teu SerTão enche os pulmões de ar puro, mas, acima de qualquer coisa, existe uma máxima que é realidade até em teus filhos que moram no Oriente: "Quem bebe da tua água, sempre volta!".

Texto e Foto - Lucas Albuquerque
(Do Repórter Ceará)

Nenhum comentário :

Postar um comentário

O blog Quixeramobim Agora é uma ferramenta de informação que tem como características primordiais a imparcialidade e o respeito a liberdade de expressão.

Contudo, em virtude da grande quantidade de comentários anônimos postados por pessoas que se utilizam do anonimato muitas vezes para ferir a honra e a dignidade de outras, a opção "Anônimo" foi desativada.

Agradecemos a compreensão de todos, disponibilizando desde já um endereço de email para quem tiver interesse em enviar sugestões de matérias, críticas ou elogios: jornalismo@sistemamaior.com.br.

Cordialmente,
Departamento de jornalismo