segunda-feira, 31 de julho de 2017

Acidente pode ter provocado interrupção no fornecimento de internet em várias cidades do Ceará

Um acidente registrado no início da tarde de ontem, 28, envolvendo um caminhão que transportava postes entre Limoeiro do Norte (CE) e Mossoró (RN), pode ter provocado interrupção no fornecimento de internet em várias cidades do estado do Ceará, Rio Grande do Norte e Paraíba.

A suspensão do serviço de internet ocorreu por volta das 14h41min da tarde de ontem e afetou a maioria dos provedores ligados ao Cinturão Digital do Ceará (CDC). O fornecimento chegou a ser restabelecido ontem, mas na manhã de hoje, 29, ocorreu um novo rompimento nos cabos de fibra óptica na cidade de Quixeramobim. Até o fechamento desta matéria, os técnicos da empresa Brisanet Telecomunicações estavam no local fazendo os reparos necessários.

De acordo com informações de provedores prejudicados, o problema ocorrido ontem teria sido gerado pelo duplo rompimento do cabo de fibra óptica, que funciona com redundância (quando rompe um lado, o funcionamento se mantém pelo outro) e que contorna todo o estado do Ceará.

Segundo João Auxilio, consultor corporativo da empresa Brisanet Telecomunicações, o acidente com o caminhão que transportava postes seria a causa da interrupção no fornecimento de internet no Estado. Ainda não há informações sobre o número de veículos e pessoas envolvidas no acidente, muito menos sobre o estado de saúde da(s) vítima(s). (Do Repórter Ceará)

Nenhum comentário :

Postar um comentário

O blog Quixeramobim Agora é uma ferramenta de informação que tem como características primordiais a imparcialidade e o respeito a liberdade de expressão.

Contudo, em virtude da grande quantidade de comentários anônimos postados por pessoas que se utilizam do anonimato muitas vezes para ferir a honra e a dignidade de outras, a opção "Anônimo" foi desativada.

Agradecemos a compreensão de todos, disponibilizando desde já um endereço de email para quem tiver interesse em enviar sugestões de matérias, críticas ou elogios: jornalismo@sistemamaior.com.br.

Cordialmente,
Departamento de jornalismo