sábado, 10 de junho de 2017

Os votos dos TSE

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) absolveu nesta sexta-feira (9), por 4 votos a 3, a ex-presidente Dilma Rousseff e o presidente Michel Temer da acusação de abuso de poder político e econômico na campanha de 2014.

1º voto: Herman Benjamin - cassação: 'Trata-se de abuso de poder político e econômico'.
Para relator, abusos desequilibraram o pleito em favor da chapa vitoriosa.

2º voto: Napoleão Maia - absolvição: 'Justiça Eleitoral deve manter postura de moderação'.
Ministro disse que acusações devem ser tratadas na esfera criminal.

3º voto: Admar Gonzaga - absolvição: 'Não há nos depoimentos prova robusta’.

4º voto: Tarcisio Neto - absolvição: 'Não ficou comprovado incremento na campanha de 2014'.
Indicado por Temer, ministro disse que não há provas de que propina chegou à campanha.

5º voto:
Luiz Fux - cassação: 'Nessa campanha houve financiamento ilícito'.
Ministro defendeu uso de depoimentos da Odebrecht, acompanhando voto do relator.

6º voto: Rosa Weber - cassação: 'Inegável a gravidade, indisfarçável o reflexo eleitoral'.
Para ministra, recursos ilegais causaram 'desequilíbrio' na campanha de 2014.

7º voto: Gilmar Mendes - absolvição: 'Não se substitui um presidente a toda hora'.

(Do G1)

Nenhum comentário :

Postar um comentário

O blog Quixeramobim Agora é uma ferramenta de informação que tem como características primordiais a imparcialidade e o respeito a liberdade de expressão.

Contudo, em virtude da grande quantidade de comentários anônimos postados por pessoas que se utilizam do anonimato muitas vezes para ferir a honra e a dignidade de outras, a opção "Anônimo" foi desativada.

Agradecemos a compreensão de todos, disponibilizando desde já um endereço de email para quem tiver interesse em enviar sugestões de matérias, críticas ou elogios: jornalismo@sistemamaior.com.br.

Cordialmente,
Departamento de jornalismo