terça-feira, 27 de junho de 2017

Doria quer Aécio fora do comando tucano

O prefeito de São Paulo, João Doria (PSDB), defendeu nessa segunda-feira, 26, a saída definitiva do senador afastado Aécio Neves (PSDB-MG) do comando da legenda. Alvo de nove inquéritos no Supremo Tribunal Federal (STF), Aécio está licenciado do comando do partido após vazamento de gravações em que ele supostamente teria pedido propina no valor de R$ 2 milhões ao dono da JBS, Joesley Batista.
Em entrevista à Rádio Jornal de Pernambuco, Doria afirmou que o tempo do correligionário no comando nacional do partido passou e Aécio precisa deixar o cargo.

"Tenho respeito por Aécio, mas ele tem de concentrar o tempo dele na própria defesa e deixar que o partido seja conduzido por outro nome, eleito", disse o tucano, considerando que o mesmo rigor com que a legenda tem criticado o PT deve ser aplicado no combate às irregularidades internas tucanas. Questionado sobre a recente defesa de eleições diretas feita pelo ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, Doria divergiu. Afirmou que a antecipação de uma eleição só agravaria a situação do País. (Do O Povo Online)

Nenhum comentário :

Postar um comentário

O blog Quixeramobim Agora é uma ferramenta de informação que tem como características primordiais a imparcialidade e o respeito a liberdade de expressão.

Contudo, em virtude da grande quantidade de comentários anônimos postados por pessoas que se utilizam do anonimato muitas vezes para ferir a honra e a dignidade de outras, a opção "Anônimo" foi desativada.

Agradecemos a compreensão de todos, disponibilizando desde já um endereço de email para quem tiver interesse em enviar sugestões de matérias, críticas ou elogios: jornalismo@sistemamaior.com.br.

Cordialmente,
Departamento de jornalismo