quarta-feira, 10 de maio de 2017

Secretaria da Saúde do Estado realiza planejamento na Macro Sertão Central

Teve sequência na terça-feira (9), em Quixadá, o roteiro de seminários macrorregionais da Programação Geral de Ações e Serviços de Saúde (PGASS), iniciado no dia anterior, em Juazeiro do Norte, na Macrorregião de Saúde do Cariri.

“Todo o esforço nosso tem que ser primeiro para garantir a prevenção, fazer o possível para diminuir os agravos e os adoecimentos”, convocou o secretário da Saúde do Ceará, Henrique Javi, na abertura do seminário que reuniu prefeitos e secretários das Macrorregiões do Sertão Central e Litoral Leste/ Vale do Jaguaribe. “Pessoas diferentes, realidades diferentes, mas uma meta única, o foco único, buscando sempre o melhor para as nossas populações”, resumiu Javi sobre o objetivo do seminário.

A PGASS substitui a Programação Pactuada Integrada (PPI) e é novo modelo de pactuação das ações e do financiamento da saúde entre municípios e o Estado, baseados na tripla meta, que além da assistência, inclui também a vigilância em saúde e a assistência farmacêutica. "A grande inovação que a PGASS traz é a pactuação por linha de cuidado", destacou Henrique Javi. "A função principal nossa é aquilo que nós vamos entregar para o cidadão", reforçou ele.

Em nome dos municípios, o prefeito de Quixadá, Ilário Marques, avaliou a dificuldade da pactuação diante do quadro de restrição orçamentária. "O grande desafio é fazer mais com menos, é fazer mais com o que já temos", ponderou o prefeito. O representante do Conselho de Secretarias Municipais de Saúde (COSEMS/CE), Ângelo Nóbrega, demonstrou otimismo com o processo de pactuação. "Temos plena certeza que só teremos a ganhar".

Os seminários macrorregionais realizados pela Secretaria da Saúde do Ceará fazem parte da primeira etapa da implantação da PGASS.  (Da Ascom)

Nenhum comentário :

Postar um comentário

O blog Quixeramobim Agora é uma ferramenta de informação que tem como características primordiais a imparcialidade e o respeito a liberdade de expressão.

Contudo, em virtude da grande quantidade de comentários anônimos postados por pessoas que se utilizam do anonimato muitas vezes para ferir a honra e a dignidade de outras, a opção "Anônimo" foi desativada.

Agradecemos a compreensão de todos, disponibilizando desde já um endereço de email para quem tiver interesse em enviar sugestões de matérias, críticas ou elogios: jornalismo@sistemamaior.com.br.

Cordialmente,
Departamento de jornalismo