sábado, 11 de março de 2017

Quixadaense Rony Jason projeta vencer em casa para ganhar sobrevida no UFC

Muitos atletas cearenses sonharam em atuar no UFC Fight Night Fortaleza deste sábado, mas apenas um deles subirá no octógono montado no Centro de Formação Olímpica (CFO) com a responsabilidade de representar o Estado e conquistar uma vitória em casa. Ciente da missão, Rony Jason (que é natural de Quixadá) garante boa preparação para tentar derrotar o invicto Jeremy Kennedy e afastar a má fase: “Ele vai ver as trevas”.

Rony Jason não venceu as últimas três lutas — foram duas derrotas e uma sem resultado —, mas, a tirar pela confiança, nem parece. O cearense precisa de um triunfo para evitar entrar em uma zona de risco no Ultimate, já que mais uma derrota pode deixá-lo em situação delicada. “A preparação foi muito boa, cheguei com o peso ótimo. Acordei hoje (ontem) com 69,5 kg, geralmente eu corto 5 kg e agora estou cortando 3 kg (o máximo no peso-pena é 65,8kg). Não estou debilitado nem nada, isso vai refletir durante a luta. Quando ele sentir minha mão dura, vai achar que vou cansar e eu vou começar a bater no corpo dele”, detalhou.

Jason revelou que seu foco será na luta em pé, mas que o duelo no chão não o preocupa, pois é faixa preta de jiu-jitsu e conquistou oito vitórias por finalização. “Se ele me botar para baixo, eu ‘dou um beijo’ e agradeço. Se ele não bater, ele dorme”, avisa o cearense, que possui 14 vitórias e cinco derrotas, enquanto Jeremy Kennedy tem nove triunfos. (Do O Povo Online)

Nenhum comentário :

Postar um comentário

O blog Quixeramobim Agora é uma ferramenta de informação que tem como características primordiais a imparcialidade e o respeito a liberdade de expressão.

Contudo, em virtude da grande quantidade de comentários anônimos postados por pessoas que se utilizam do anonimato muitas vezes para ferir a honra e a dignidade de outras, a opção "Anônimo" foi desativada.

Agradecemos a compreensão de todos, disponibilizando desde já um endereço de email para quem tiver interesse em enviar sugestões de matérias, críticas ou elogios: jornalismo@sistemamaior.com.br.

Cordialmente,
Departamento de jornalismo