quinta-feira, 2 de março de 2017

Fórum de Quixeramobim reabre após suspensão do atendimento

O Fórum Desembargador José Pires de Carvalho, em Quixeramobim, reabriu na tarde de ontem, 1º, após a suspensão das atividades por meio de uma portaria publicada pelo juiz de direito, Dr. Adriano Ribeiro Furtado Barbosa. O mesmo considerou a urgente necessidade de realização de serviços de manutenção e reparos nas instalações do Fórum, sobretudo em suas instalações elétricas, no teto e na laje do prédio, que foram visivelmente danificadas com as recentes chuvas ocorridas no município.

No documento, o juiz lembrou que a decisão visou zelar pela integridade física dos servidores e dos jurisdicionados que comparecem diariamente as dependências do Fórum. Em entrevista no último dia 22 de fevereiro, o diretor da segunda vara do Fórum, Devgi Bruno de Sousa Teixeira, já havia antecipado que logo após a publicação da portaria, engenheiros enviados pelo TJCE visitaram as instalações e que ficou pendente apenas a emissão de um laudo técnico sobre a situação das estruturas física e elétrica do local para que desta forma fosse liberado para atendimento.

Informações apontaram que as fortes precipitações ocasionaram a perda de aparelhos eletrônicos, a danificação de alguns documentos e causou um rachão na parede da sala do júri. A unidade foi inaugurada em 1998 e o aumento da demanda tornou o local sem estrutura adequada, conforme alegam advogados e servidores.

Postado: Jornalismo - Sistema Maior de Comunicação

Nenhum comentário :

Postar um comentário

O blog Quixeramobim Agora é uma ferramenta de informação que tem como características primordiais a imparcialidade e o respeito a liberdade de expressão.

Contudo, em virtude da grande quantidade de comentários anônimos postados por pessoas que se utilizam do anonimato muitas vezes para ferir a honra e a dignidade de outras, a opção "Anônimo" foi desativada.

Agradecemos a compreensão de todos, disponibilizando desde já um endereço de email para quem tiver interesse em enviar sugestões de matérias, críticas ou elogios: jornalismo@sistemamaior.com.br.

Cordialmente,
Departamento de jornalismo