quarta-feira, 15 de março de 2017

Executivo deverá avaliar impactos de proposta de reajuste dos servidores

O vice-líder do Governo na Assembleia Legislativa, deputado José Sarto (PDT), informou, nesta quarta-feira (15/05), em reunião realizada com servidores estaduais, que o Executivo vai ouvir as propostas de reajuste e avaliar com responsabilidade os impactos financeiros e a exequibilidade da pauta apresentada.

José Sarto acrescentou que o canal de negociação entre os servidores e o Executivo permanece aberto e que os representantes da Secretaria de Planejamento e Gestão do Estado (Seplag) que participaram da reunião se comprometeram a manter as conversas ao longo do dia com os servidores, se possível, com planilhas das receitas líquidas do Estado para 2017. A intenção é que, juntos, eles possam construir uma proposta compatível e benéfica tanto para os servidores quanto para o Executivo.

O encontro desta manhã, que foi encaminhado durante audiência pública realizada na terça-feira (14/03), na Assembleia, contou também com a participação dos deputados estaduais Carlos Felipe (PCdoB) e Carlos Matos (PSDB). Participaram ainda representantes do Sindicato dos Fazendários do Ceará (Sintaf); do Fórum Unificado das Associações e Sindicatos dos Servidores Públicos Estaduais do Ceará (Fuaspec); da Seplag e da Secretaria da Fazenda (Sefaz).

“O Governo enviou para esta Casa mensagem propondo 2% de reajuste para quem ganha acima do piso salarial do Estado. O que estamos argumentando é que o Governo tem condições para estender o reajuste para 6,29% a todos os servidores”, apontou Lúcio Maia, diretor de organização do Sintaf.

O deputado Carlos Matos sugeriu que os servidores aceitem a proposta do reajuste de 2%, que consta na mensagem nº 8.099, que tramita na Casa, e continuem pressionando o Executivo para que atenda a reivindicação da categoria.

“Vamos considerar que vocês estão pleiteando os 4,29% restantes do reajuste, uma vez que o Governo do Estado já está dando os 2%. A partir daí, podem buscar estabelecer uma data para que o Governo dê uma resposta, no sentido de aceitar a proposta ou apresentar uma contraproposta”, salientou Carlos Matos. (Do Repórter Ceará)

Nenhum comentário :

Postar um comentário

O blog Quixeramobim Agora é uma ferramenta de informação que tem como características primordiais a imparcialidade e o respeito a liberdade de expressão.

Contudo, em virtude da grande quantidade de comentários anônimos postados por pessoas que se utilizam do anonimato muitas vezes para ferir a honra e a dignidade de outras, a opção "Anônimo" foi desativada.

Agradecemos a compreensão de todos, disponibilizando desde já um endereço de email para quem tiver interesse em enviar sugestões de matérias, críticas ou elogios: jornalismo@sistemamaior.com.br.

Cordialmente,
Departamento de jornalismo