quarta-feira, 8 de março de 2017

Anvisa proíbe termômetro e medidor de pressão que possuam mercúrio

A Agencia Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), determinou na terça-feira, 7, que a partir de 1º de janeiro de 2019, estará proibida a fabricação, importação e comercialização dos termômetros e medidores de pressão que utilizam coluna de mercúrio para diagnóstico em saúde.

A proibição dos termômetros e dos esfigmomanômetros, como são chamados os medidores de pressão, que possuam uma coluna de mercúrio, é resultado da assinatura do Brasil na Convenção de Minamata. A convenção foi assinada por mais de 140 países em 2013 e tem como principal objetivo eliminar o uso de mercúrio em diferentes produtos como pilhas, lâmpadas e equipamentos voltados a saúde, entre outros.

Com a proibição da Anvisa, todos os registros de termômetros e medidores de pressão serão cancelados a partir de 1º de janeiro. Os serviços de saúde deverão descartá-los de acordo com as regras de descarte de resíduos sólidos e as normas ambientais para o mercúrio.

Postado por: Jornalismo – Sistema Maior de Comunicação

Nenhum comentário :

Postar um comentário

O blog Quixeramobim Agora é uma ferramenta de informação que tem como características primordiais a imparcialidade e o respeito a liberdade de expressão.

Contudo, em virtude da grande quantidade de comentários anônimos postados por pessoas que se utilizam do anonimato muitas vezes para ferir a honra e a dignidade de outras, a opção "Anônimo" foi desativada.

Agradecemos a compreensão de todos, disponibilizando desde já um endereço de email para quem tiver interesse em enviar sugestões de matérias, críticas ou elogios: jornalismo@sistemamaior.com.br.

Cordialmente,
Departamento de jornalismo