terça-feira, 24 de janeiro de 2017

Número de mulheres presas no Ceará cresce 64% em cinco anos

O número de mulheres presas no Ceará cresceu 64% em cinco anos, com aumento da população carcerário no presídio Auri Moura Costa, exclusivo para mulheres, de 748 em 2012 para 1.233 em 2017. Os dados são da Secretaria da Justiça do Ceará, que administra as prisões no estado.

No Brasil, o aumento da população feminina encarcerada foi de 567% nos últimos 14 anos, segundo o Conselho Nacional de Justiça (CNJ), subindo de 5.601 para 37.380.

De acordo com a Secretaria da Justiça, o crime mais comum entre as mulheres presas no Ceará é o tráfico de drogas; inicialmente, elas participavam do crime após coação dos companheiros, mas atualmente, segundo a Polícia Civil, já é comum mulheres chefiando esquemas de tráfico. O segundo crime mais comum entra elas, ainda de acordo com a Secretaria da Justiça, é o roubo. (Do G1-CE)

Nenhum comentário :

Postar um comentário

O blog Quixeramobim Agora é uma ferramenta de informação que tem como características primordiais a imparcialidade e o respeito a liberdade de expressão.

Contudo, em virtude da grande quantidade de comentários anônimos postados por pessoas que se utilizam do anonimato muitas vezes para ferir a honra e a dignidade de outras, a opção "Anônimo" foi desativada.

Agradecemos a compreensão de todos, disponibilizando desde já um endereço de email para quem tiver interesse em enviar sugestões de matérias, críticas ou elogios: jornalismo@sistemamaior.com.br.

Cordialmente,
Departamento de jornalismo