terça-feira, 24 de janeiro de 2017

João Hudson diz que delegada de Quixadá fez graves e levianas acusações contra ele

Na manhã de hoje, 24, a edição do Jornal O Povo, publicou uma matéria em que diz que o ex-prefeito de Quixadá, João Hudson Rodrigues Bezerra (PRB), conhecido como João da Sapataria, foi afastado das funções durante quatro meses, em setembro do ano passado, após a Polícia Civil encontrar documentos que comprovariam desvio de dinheiro público para uma quadrilha de empresários que foi indiciada pela morte de três PMs, em Quixadá.

Conforme o Jornal, a informação foi da titular da delegacia daquele município, delegada Ana Cláudia Nery, responsável pelo inquérito, que foi concluído e remetido à Justiça na sexta-feira, 20. Clique aqui para ver a matéria completa.

Sobre o assunto João da Sapataria emitiu na manhã de hoje, 24, uma nota, via redes sociais, em que nega envolvimento com o crime organizado e diz que a delegada fez uma série de graves e levianas acusações contra ele. O ex-gestor ainda afirmou que aqueles que o acusarem criminosamente por um fato que não tenha qualquer tipo de participação, responderão civil e criminalmente.

Postado por: Jornalismo - Sistema Maior de Comunicação

Nenhum comentário :

Postar um comentário

O blog Quixeramobim Agora é uma ferramenta de informação que tem como características primordiais a imparcialidade e o respeito a liberdade de expressão.

Contudo, em virtude da grande quantidade de comentários anônimos postados por pessoas que se utilizam do anonimato muitas vezes para ferir a honra e a dignidade de outras, a opção "Anônimo" foi desativada.

Agradecemos a compreensão de todos, disponibilizando desde já um endereço de email para quem tiver interesse em enviar sugestões de matérias, críticas ou elogios: jornalismo@sistemamaior.com.br.

Cordialmente,
Departamento de jornalismo